Prefeitura vai ao MP contra o PAC, por conta da não recomposição asfáltica em obras da CAERD

A gravidade do problema de buracos abertos em diversas ruas da Capital, pelas empresas que realizam obras de abastecimento de água e saneamento básico, foi tema de reunião entre o prefeito Hildon Chaves, Governo do Estado e o Ministério Público Estadual nesta semana.

Segundo o prefeito Hildon Chaves, a reunião foi decorrente de uma representação feita pela Prefeitura ao Ministério Público contra o PAC,  por conta da não recomposição asfáltica nos buracos escavados na cidade. “Esse drama existe e, muitas vezes, em asfaltos recentemente implantados pela prefeitura”. Disse o prefeito, que estendeu dizendo  que a prefeitura entrou com essa representação do MP, e através da PGM também entrou com uma ação judicial, que já tem audiência marcada para o dia 17 de dezembro.

Hildon Chaves disse que o serviço tem que continuar, mas a recomposição asfáltica precisa ser feita no máximo uma semana, para não causar mais transtorno para população de Porto Velho. Durante a reunião, Josafá Marreiros garantiu que todas as pendências financeiras que existiam com as empresas foram sanadas e já deu início a recuperação das de diversas vias.

Fonte: Comdecom/PMPV

www.extrema24horas.com

➤ Alunos da zona rural da Ponta do Abunã iniciaram e terminarão 2018 sem transporte Escolar